Consumo: 19 estatísticas sobre comércio eletrônico.

(1) 35% dos e-consumidores brasileiros afirmam que o principal atrativo do comércio eletrônico é o baixo preço das mercadorias, enquanto 30% disseram que a possibilidade de comparar preços em diversas empresas os levou a realizar uma compra online. Outros 18% explicam que a comodidade de comprar e receber o produto no lugar desejado é o diferencial do e-commerce (Kantar Worldpanel).

C-Net

(2) 83% dos brasileiros afirmaram que nunca realizaram uma compra online. Do total, 39% não possuem conexão com a internet e 27% ainda não estão seguros o suficiente para comprar pelo comércio eletrônico (Kantar Worldpanel).

(3) 70% dos proprietários de smartphones do Brasil utilizam seu aparelho para navegarem na web, enquanto 30% acessam e-mails, 23% fazem download de arquivos e apenas 14% utilizam todos os recursos disponíveis em seu dispositivo. (Kantar Worldpanel).

(4) 88,86% dos e-consumidores têm o hábito de clicar nos resultados orgânicos em motores de busca, ante 75,93% apurados em 2009 e 74,32% em 2008, enquanto apenas 11,14% deles disseram ter por hábito clicar em links patrocinados, contra 24,07% registrados em 2009 e 25,68% em 2008 (WBI Brasil).

(5) O Google é de longe o motor de busca mais utilizado pelos consumidores online do Brasil, representando 97,98% de todas as consultas, enquanto o Bing (1,52%) e Yahoo (0,5%) ficam em uma distante segunda e terceira posição, respectivamente. (WBI Brasil).

Google

(6) 52,98% dos e-consumidores brasileiros seguem até a terceira página de resultados em busca de um produto, enquanto 34,44% vão até a segunda e apenas 12,58% ficam na primeira (WBI Brasil).

(7) 56% dos usuários norte-americanos do Facebook são mais propensos a recomendar uma empresa após utilizar a função like (Constant Contact e Chadwick Martin Bailey)

(8) Fãs de empresas no Facebook com mais de 50 anos são mais propensos a comprar do que a média geral, 44% contra 35%, respectivamente (Constant Contact e Chadwick Martin Bailey).

(9) 77% dos usuários que seguem empresas no Facebook interagem com elas via posts, newsfeeds e ofertas disponibilizadas na rede social, enquanto 13% criam seus próprios conteúdos sobre as marcas (Constant Contact e Chadwick Martin Bailey).

(10) 31% dos fãs de comerciantes no Facebook utilizam a função like para obter conteúdo exclusivo, enquanto outros 31% fazem uso do recurso para serem os primeiros a receberem informações sobre a marca (Constant Contact e Chadwick Martin Bailey).

(11) 66% daqueles que seguem empresas no Facebook preferem postagens nos murais de varejistas com menos de 80 caracteres, mostrando que quanto maior é o post menor é a sua eficácia (Buddy Media).

Superexclusivo no Facebook

(12) Postagens em murais de empresas bem condensadas entre 1-40 caracteres são 86% mais eficazes do que a média quando se trata de engajamento de usuários (Buddy Media).

(13) Para 63% dos utilizadores do Facebook o principal motivo para seguir uma empresa é receber algo em troca, 47% têm preferência por atualizações do newsfeed e 38% querem ter o nome da empresa/marca/organização aparecendo em seu perfil.Outros 37% afirmam não querer nada em troca (ExactTarget).

(14) 43,9 milhões de usuários de internet do Brasil (90% do total) visitaram ao menos uma rede social no mês de junho de 2011, consumindo um total de 12,5 bilhões de minutos no período, ou 4,7 horas por mês conectado (comScore).

(15) A nova rede social do Google, o Google+, possui mais de 8 milhões de usuários brasileiros, o que torna o Brasil seu sexto maior mercado (comScore).

(16) O Facebook é a principal rede social da América Latina, com aproximadamente 91 milhões de usuários, seguida pelo Windows Live, 35,5 milhões, Orkut, 34,4 milhões, e Twitter, que obteve mais de 24,3 milhões de usuários no período (comScore).

(17) Em julho de 2011, usuários norte-americanos do Facebook gastaram uma média de cinco horas, 18 minutos e 40 segundos navegando na rede social, acima da média de 2 horas, 17 minutos e 46 segundos gastos no site da AOL. (The Nielsen Company).

(18) Sites que comercializam tikets para eventos foram a categoria que mais cresceu nos Estados Unidos em relação ao número de visitantes únicos, atraindo aproximadamente 26 milhões de consumidores (The Nielsen Company).

Broadway.com

(19) O Google foi o site mais visitado no mês de junho nos EUA com 172,5 milhões de usuários, seguido pelo Facebook,158,9 milhões, 8% de diferença para o primeiro, enquanto o Yahoo obteve 148,6 milhões de visitantes únicos (The Nielsen Company).

via: Ikeda

Anúncios

Sobre fashion3blog

O Fashion3 tem como objetivo principal criar soluções de sucesso em e-commerce especializado em moda. Queremos ajudar você a escolher estratégias de comércio on-line viáveis ​​que melhor se adequam ao seu produto e ajudá-lo a atingir suas metas. Amplie seus negócios conosco.
Esse post foi publicado em Consumo, Novidades do Varejo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s